24 de out de 2009

Bom dia, Governador...

Olá Governador do Rio de Janeiro, que não tem esse cargo por minha escolha. Gostaria de dizer algumas coisas nesse post bem informal e direto. Eu gostaria muito de viver numa cidade onde não houvesse violência, mas, sei que em nenhum lugar do mundo existe esse lugar. Então, queria refazer o meu pedido e dizer que gostaria de viver num lugar onde a violência fosse a última nota na última página dos jornais, e não a capa dos jornais diariamente. Como fazer isso?..Sei lá, pode ser que seja apenas verborragia, mas, acho que essas soluções poderiam ajudar um pouquinho nesse meu sonho.

Primeiramente, rever esse salário de FOME que os responsáveis pela nossa segurança ganham. Já que nos programas eleitorais, o senhor prometeu com um largo sorriso na boca, SEGURANÇA a população. Afinal, quem trabalha com segurança, também quer segurança. E isso infelizmente, nossos policiais não tem.

Sim, muitos deles não tem um pingo de vergonha na cara e fazem seus esquemas para ganhar um a mais aqui, outro ali. Não posso garantir isso mas, acredito que se eles ganhassem o que realmente merecem, não teriam tanta gana de ganhar mais e mais.

Outra coisa que não adianta nada, senhor governador, é vir aos meios de comunicação e chamar policias de vagabundos, de isso e daquilo. Isso eu faço, quem tá lendo faz. Tenho certeza que como representante do Estado, o senhor teria que ter uma postura rigorosa sim, mas, sem usar de palavras de baixo calão. Vale lembrar que popularmente falando, vagabundo é quem não trabalha, e esses PMs trabalhavam, ganhando pouco, com poucas condições de trabalho e mesmo assim, trabalhavam. Reveja um pouco seu vocabulário.

Calma senhor governador, eu não tenho ligação nenhuma com nenhum policial, também não estou protegendo eles. Mas, se o senhor acha que assim vai mudar alguma coisa, não vai....nãão vaai..

Há uns dias atrás, o senhor estava na Dinamarca, defendendo o Brasil na disputa para ser o país sede dos jogos olímpicos de 2016. Antes disso, vi entrevistas onde o senhor dizia que "O Rio de Janeiro está preparado para os jogos olímpicos de 2016". Depois de TUDO que aconteceu na semana passada, o senhor realmente acha que estamos preparados para esse evento? Não estou dizendo que não somos merecedores e tão pouco estou apoiando as cidades que não ganharam o direito de sediar as olimpíadas, que meteram o pau no Rio, após os acontecimentos. Mas, parando para pensar, eles não tem um pouco de razão? Antes de ter grandes estádios olímpicos, vilas olímpicas magníficas e de ter os olhos do mundo voltados para nós, precisamos de segurança. Segurança de policias que o senhor fez a "gentileza" de dar um reajuste no salário de 5%. Esmola, caridade, ajudinha de custo, vergonha, chamem como quiser..

Termino esse post, senhor governador, dizendo que policial corrupto deve sim ser punido com rigor equivalente ao seu ato e que bandido bom, é bandido preso ou morto. Mas, os policiais de verdade, aqueles que gostam do que fazem, merecem RESPEITO acima de tudo. E isso, é uma coisa que infelizmente um político como o senhor e tantos outros desconhecem. RESPEITAR esses trabalhadores é dando total condição de segurança e tranqulidade para que eles possam desempenhar seu melhor. RESPEITO é pagar um salário digno do risco que eles correm dia e noite na nossa cidade quase sem lei. RESPEITO é chegar nos meios de comunicação e quando precisar falar bem, usar de educação. E quando precisar falar mal, usar de rigor sem ser injusto ou mal educado. Caso contrário, vou achar que assim como alguns policiais, o senhor está completamente despreparado para exercer esse cargo tão importante.

Tchau, governador(zinho de araque)...

Nenhum comentário: