25 de abr de 2011

Questionamentos de um incomum sujeito qualquer....

As vezes parece que só eu cometo erros grotescos. Será que só eu
procuro dar sentido a coisas que supostamente não tem sentido e geralmente
acontece nas horas em que eu não estou entendendo absolutamente nada?
Será que só eu pensei em dizer uma verdade que sabia que iria machucar
uma pessoa que amo e mesmo assim falei, achando que a pessoa iria entender
e acabei me fudendo e a pessoa ainda parou de falar comigo?

Será que só eu depositei expectativas em uma coisa praticamente certa
e que por falta de interesse da pessoa mais importante, deu tudo errado 
e eu fiquei puto e acabei chorando de raiva, e não de fraqueza?
Será que só eu coloquei músicas antigas que me levavam a pessoas que já passaram
pela minha vida e deixaram marcas negativas e que no refrão que dizia quase
a mesma história que passei, gritei como se quisesse dizer: "- Agora eu tô bem, porra!"?

Será que só eu me meti em um relacionamento de amigos e acabava contando pra um 
o que o outro fazia e falava, achando que estava fazendo a coisa mais certa desse mundo
e acabei mudando a ordem natural das coisas por me achar o "cupido da vez"?
Será que só eu tive o prazer de conhecer pessoas maravilhosas, amigos incríveis e
perdi todos porque acreditava que apenas UMA PESSOA bastava para minha felicidade 
ser completa e que agora peno pra reconquistar a confiança de muita gente que não confia mais em mim?

Será que só eu fui contra familiares que diziam: "Sai dessa, ela não é pra você.."
e briguei dizendo que ia provar que estavam todos enganados e chegou um certo dia que
abaixei a cabeça e conclui: "Porque não escutei eles..."?
Será que só eu alterno de humor como quem troca de roupa em certos dias em que
tudo parece um grande desafio de paciência e, acaba descobrindo que tudo é realmente
um grande desafio sim.. mas para a minha FALTA de paciência?

Será que só eu me sinto triste e não coloco no meu status do MSN?
Será que só eu tiro fotos que não vão elevar minha popularidade no orkut?
Será que só eu teimo em dizer que não tenho os mesmo defeitos que você?
Será que só eu me questiono sempre que sinto a vida parada demais?
Será que só eu escrevo textos para dar indiretas?
Será que só eu...?
Será que só...?
Será que...?
Será..?

4 comentários:

Marja Abreu disse...

Apenas uma coisa a dizer: gostei da reflexão!

Thiago Augusto disse...

Obrigado Marja! Ela só não é uma reflexão conclusiva..mas vejo tantas por ai que resolvi fazer uma pra confundir ainda mais..rsrsrs e o resto é com vocês!! Obrigado!

nath disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Lopes disse...

Já te falei o que achei do post, mas ressaltando: Muito bom mesmo! *Q*