12 de nov de 2009

Exercitando a mente....

Um dia sem...

Sem medos..as minhas unhas e meus dedos iriam agradecer..
Sem filhos..nenhum paraíso uma mãe gostaria de padecer..
Sem livros.. minha estante fica nua, muda e sem cor..
Sem seus beijos.. nem o dicionário me explicaria o amor..
Sem lágrimas.. seus ombros seriam apenas parte do seus braços.
Sem a saudade.. não daria o verdadeiro valor do seus abraços.
Sem gemidos.. a cama não teria "coisas para contar"...
Sem ouvidos.. ficariam sem ter aonde reclamar..
Sem troféu.. o campeão não ligaria em chegar em último lugar.
Sem direção.. qualquer lugar seria um bom lugar pra ficar..
Sem a loucura.. nenhum normal deitaria num divã..
Sem a aventura.. não teria vontade de acordar amanhã.
Sem palavras..não terminaria o verso que escrevi...
Sem você.. pra que eu conjugaria o verbo "existir"...


(Thiago Augusto)


"..Ontem, passei a noite em claro..em plena escuridão..
   Sem uma luz, nem o sono consegue achar sua direção.."


(Thiago Augusto)


"..Coluna social ou coluna vertebral. 
    Qual dela você acha realmente essencial?.."


(Thiago Augusto)



    Pensamento adolescente

"..Complexo, é ver seu reflexo e pensar logo em sexo.
   Complicado, é ficar com cara de tarado e você passando ao meu lado.
   Conclusão: você passa e leva embora o meu tesão e eu fico na mão...."


(Thiago Augusto)

Um comentário:

Thaís Amaral disse...

Fã dos seus pensamentos.
Na moral, seu poema está maneiríssimo.
Já pensou em escrever um livro?
Você daria muito bem, e dá muito bem com a escrita.
Ainda digo e repito: Terapia de vida - Refletir e escrever.

;DDD

Beijos!