11 de ago de 2009

For you...


Sigo palavras e busco estrelas
O que é que o mundo fez
Pra você rir assim
Pra não tocá-la, melhor nem vê-la
Como é que você pôde se perder de mim
Faz tanto frio, faz tanto tempo
Que no meu mundo algo se perdeu
Te mando beijos
Em outdoors pela avenida
E você sempre tão distraída
Passa e não vê,e não vê

Fico acordado noites inteiras
Os dias parecem não ter mais fim
E a esfinge da espera
Olhos de pedra sem pena de mim
Faz tanto frio, faz tanto tempo
Que no meu mundo algo se perdeu
Te mando beijos
Em outdoors pela avenida
Você sempre tão distraída
Passa e não vê, e não vê

Já não consigo não pensar em você
Já não consigo não pensar em você

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Gostaria muito de encontrar palavras bonitas, como as de Hebert Vianna usou nessa música, mas, não chego perto da genialidade dele. Mas, tudo que ele disse, é o que eu quero e sempre lhe digo..é tudo que eu penso..é tudo o que eu vivo. Durmo e acordo com o refrão da música que diz: "Já não consigo não pensar em você". Já fiquei acordado noites inteiras e antigamente os dias da semana pareciam realmente não ter mais fim. E hoje, eu entendo o que é que o mundo fez, pra você rir assim. Ele me mostrou que em algumas oportunidades, eu achei que poderia ser feliz. Eu encaro, com exagero sim, que essa é a minha ÚLTIMA CHANCE de ser feliz. Ser feliz não é apenas sorrir, mas sim, ter motivos para sorrir. E você é o meu motivo para que eu possa acordar a todas as manhãs e dizer: EU ME SINTO FELIZ...

Um beijo do seu exagerado....te amo!!

Nenhum comentário: