7 de abr de 2009

Homem que é homem...

Esse post nasceu de um momento muito inusitado. Tudo começou quando estavamos eu e minha namorada sentados no banco da praça do bairro que ela mora, como estava chuvendo estavamos debaixo do meu guarda-chuva, namorando e tal. Dai no campo em frente a essa praça, tinham uns moleques, a maioria com certeza maior de 18 anos, numa "brincadeira" que mais parecia o UFC, dando o chamado "mata-leão", um no outro, e a cena era tão animal, que por alguns segundos achei que assistia o Discovery Channel.
Bom, no final um deles não aguentou e pediu para parar, logo virou o "mulherzinha" do lugar e todos os outros zuaram. E o engraçado é que assim que o "mulherzinha" recuperou o ar, ele disse: "- Vem agora, vem agora."

Assistindo a tudo isso, minha namorada me fez a seguinte pergunta: "- Porque os homens são assim, sempre querendo provar que são mais fortes?"

Eu respondi a ela que homem é assim mesmo, é da natureza do homem. Homem tem que competir em tudo com outro homem. Sempre quer ser o melhor do futebol e, mesmo quando não é, inventa. Falando que seu futebol é parecido com o do Ronaldinho Gaúcho, o Kaká, o Messi ou qualquer outro, só para não ficar por baixo. Sempre quer ser o mais forte, o mais valente, o mais inteligente.

COMPETIÇÃO é a palavra certa. Um homem sempre será competitivo com outro homem quando o mesmo, ameaçá-lo. E qualquer semelhança com o mundo animal NÃO É mera coinscidência. Eu não me incluo fora de nada que citei a cima, já fiz tudo isso aê..*risos*

Assim como, algumas mulheres ja confessaram que, quase nunca ou nunca se arrumam pensando em impressionar um homem, mas, para ser a mulher mais bem vestida dentre todas as outras presentes no lugar e, assim, ser o motivo de inveja para as outras.((agora entendi porque demoram tanto para se arrumarem *risos*))

Putz, comecei falando do competitismo masculino e, agora, já estou no unvierso paralelo feminino.*risos*

Bom, eu acho que na hora ela entendeu o que eu quis dizer, que homem tem que ser assim e, se não for assim, para a sociedade, o cara não é "cabra macho". Em casa é a mesma coisa. Se é o único homem na casa, tudo, exatamente tudo, o homem tem que saber ou ao menos entender, caso contrário, esse mesmo homem não honra as calças que veste((quem nunca viveu isso? hãn?)).

Enfim, voltando ao fato lá do começo do post, a "briguinha" deles acabou, eles começaram a jogar um futebol recheadas de jogadas violentas, porém, todos rindo, tanto o que batia quanto o que apanhava. Então estava tudo certo, eu voltei a dar meus melhores beijos na minha linda e a tarde caiu nublada e fria. Mas um registro da minha vida que fica por aqui. E foi um dia muito especial, não pelo fato que narrei dos vândalos..*risos*
Acha mesmo que esse cara, com pinta que já perdeu, vai se sentir "menos homem" que qualquer outro só porque perdeu uma queda de braço pra uma "mulherzinha" ?*risos*
Abraços

2 comentários:

Flor disse...

hauhahuahauha,homem que é homem apanha,levanta,revida,e não chora,huahauhauha dizia meu vozinho,rs.São verdadeiros espartanos,tomando tapa para provar a força,mas competir é algo necessário,e tipo acreditar que vencer leva a algo bom,é um crédito né..hauhauhaa,sei lá,eu tbm n entendo muito pq eles brigam tanto,e acabam rindo das pancadarias...mas é até interessante uma luta livre...valeu pela presença no meu blog,beijãoo e adorei o post

Thiago Augusto disse...

É Flor..tem aquele também "você é um homem ou um rato?".. essa competitividade masculina é dose. Eu já fui assim. Um dia escutando melhor a música do Moptop que tem umas partes no refrão quem "crescer para que" e "vencer para que", tipo que, faz até um certo sentido nesse texto. Brigar e vencer para que?? e nesse caso até crescer para que?? já que parece ser uma eterna brincadeira de criança, só com um pouco a mais de força..rsrsrs