17 de dez de 2008

As duas faces do povo brasileiro.

Acordei hoje com uma disposição para escrever sobre uma coisa boa..
Faltou inspiração. E por isso fui atrás de notícias que me ajudassem a saciar meu desejo.
Mas, eu lembrei que precisava falar de um CRIME que aconteceu em Santa Catarina. SOLDADOS e VOLUNTÁRIOS que organizavam e distribuiam donativos que chegavam de todas as partes do Brasil ROUBANDO doações. A que ponto esses seres humanos chegaram. Roubando de quem nada tem, que acabara de sofrer com perdas materiais e principalmente, com perda de parentes. ROUBANDO de quem precisa. Então achei que não escreveria a minha desejada boa notícia nesse blog que até agora só mostrou e colocou o dedo na ferida do povo brasileiro, mas fazer o que, é o que há pra se falar, comentar e questionar.

Mas como no título do post eu falei "As duas faces do povo brasileiro", e eu falei da face do mal, enfim poderei falar de uma boa notícia. falarei agora do oposto, de um caso que esse sim, merece mídia em cima e coisa e tal. Não que eu queira que os soldadinhos e voluntários safados sejam esquecidos, mas acho que devemos falar igulamente de quem faz o bem.

A neta do agricultor Daniel Manoel da Silva, de apenas 5 anos, achou dentro de um casado de pele e couro, nada mais nada menos que 20 mil reais escondidos. E então, acha que o agricultor Daniel, que perdeu tudo que tinha na catástrofe que passou em Ilhota, cidade onde morava, assim como os soldados e voluntários ordinários e sujos, roubou esse dinheiro todo que certamente o ajudaria a reconstruir a sua vida e de sua familia ?

NÃO. o agricultor resolveu DEVOLVER os 20 mil reais achados e foi atrás do doador do casaco. Encontrado o doador, Daniel recebeu 1 mil reais de volta. Mas o que mais chamou atenção foram as palavras do agricultor, que faço questão de reproduzir aqui.

"Se o dinheiro fosse entregue nas minhas mãos, teria aceitado com certeza, pois agora precisamos. Mas é uma questão de criação, fui educado assim e estou com a consciência limpa".

Agora podemos refletir um pouco...

A FALTA de educação dos que já tinham e ainda queria mais e mais, SOBROU nesse senhor que nada tinha naquele momento então. Os extremos foram ressaltados com certeza nesse episódio.

É uma vergonha, saber que existem pessoas que estão cansadas de serem passada para trás ou porque não melhor dizer ROUBADAS pelos seus políticos, tenham atos semelhantes aos mesmos. Enquanto escrevia esse post, conversava com minha amiga Fernanda que me deu uma outra definição para isso. Agimos como "pequenos burgueses", procurando o melhor apenas para si. Agindo como um "pequeno governo". Pedi autorização para usar, já que se encaixava tão bem no assunto, gentilmente ela cedeu. Vlw Fernanda.

Mas, voltando ao assunto, essa "gentinha" não merece tanto espaço assim. Merecem sim ter seus rostos mostrados e estampados nos principais jornais do Brasil. Para que para sempre fiquem lembrados como ladrões, safados de instinto sujo. Mas também temos que lembrar do agricultor que simbolizou a solidariedade e bom coração do povo brasileiro, com a honestidade e educação que nos faz crer que, temos um grande horizonte dentro de cada um de nós para explorar e expor para nós mesmos e assim, em consequência ao mundo e, ir mais além, estampando que "os malandros de hoje, são os idiotas de amanhã.."

E é com esse pensamento que termino esse post, usando a frase "a ocasião faz o ladrão" e porque não criamos a frase "a educação faz um cidadão..". Pensem nisso!

Abraços..

Vai BRASIL..SIL..SIL..((mas siga sem esses meliantes porcos..))

2 comentários:

Nanda Lopes disse...

Agradecendo por ter citado a minha frasesinha ^^ Bem, aí é que tá, as pessoas são bem educadas? Ou nasceram más? Porque há muitos assasinos com familias otimas, mas ferrados mentalmente...

Aí ficamos naquela, educação? Ocasião? Como? Nunca se sabe oque leva alguém a roubar ou a matar...

(FALTA DE VERGONHA NA CARA)

(:

Nanda Lopes disse...

Ah, depois dá uma passadinha no meu blog, postei algo novo e interessante, diferente do que posto. Beijos ^^