13 de dez de 2008

A vergonha como cartão postal.

Praia de Copacabana, tão famosa no Brasil e no mundo inteiro. Famosa pelo seu calçadão, pelas garotas lindas e pela mística criada por alguns músicos e compositores, hoje mostrou o lado feio e escuro da "Cidade maravilhosa".

Integrantes da ONG Rio de Paz deixaram 16 mil cocos, que estavam ali simbolizando a cabeça humana, representando o número de vítimas de mortes violentas nos ultimos dois anos, segundo o Instituto de Segurança Pública.

Será que conseguimos fechar os olhos e imaginar o que seria 16 mil pessoas mortas violentamente?
Na ultima terça-feira, na orla de Copacabana, a ONG Rio de Paz fez um protesto, colocando bonecos na areia representando as nove mil pessoas desaparecidas desde janeiro de 2007, segundo a organização. O vocalista da banda Detonautas, Tico Santa Cruz ficou dentro de pneus, fazendo uma alusão de como as pessoas são executadas pelo tráfico.

Será que conseguimos fechar os olhos e imaginar o sofrimento das familias dessas 9 mil pessoas desaparecidas?

É inadmissível essa quantidade de pessoas mortas e desaparecidas nos últimos dois anos!!. E se o assunto for citado na rodinha onde se fala de futebol, com certeza a resposta será: "isso é normal, no Rio de Janeiro de hoje em dia..".

Normal?.. Na sociedade não ligamos para o compromisso eleitoral, onde vivemos esperando o carnaval, o natal e o ano novo pra comemorar não sei o que, onde só olhamos para nosso próprio umbigo, realmente parece uma coisa normal.

Será que esses números chegaram aos ouvidos das nosssas autoridades, que prometem acabar com toda essa onda de violência que paira sobre nossa cidade?

O desejo de um dia viver num estado, e porque não num país melhor, ficará apenas nos nossos sonhos? E pros nossos filhos e netos, o que deixaremos?

Qual será a diferença entre ir as ruas cobrar de um dirigente de time ou de um jogador por seus atos e a ir as ruas para cobrar por eleições limpas, por justiças?

Gosto de futebol e não me sinto alienado com o esporte, mas como seria bom se 88 mil pessoas que gritam e exaltam o amor pelo seu time, gritassem cobrando as promessas que os políticos que eles elegem não cumprem. Gostaria de ver os mesmos torcedores que cobram respeito a uma instituição futebolística, cobrar respeito de seus governantes que esculacham com a nossa reputação. Gostaria de ver o mesmo comprometimento deles, nas coisas que interessam de certa forma a toda sociedade carioca e brasileira. Quando deixarmos de ser apenas torcedores desiludidos com os resultados negativos que somos obrigados a ler nos principais jornais do Brasil e nos tornarmos cidadãos que pensam no próximo e no futuro, passo a passo, caminharemos para o "sonho" de ter um país digno, de uma cidade maravilhosa não só pela natureza.

Vai Brasil..sil..sil !!

3 comentários:

Nanda Lopes disse...

Bom, para começar eu gostaria de falar sobre esta de se colocar no lugar das pessoas. Por mais que tentemos, jamais iremos saber o minimo da dor que seja que estas milhares de pessoas passaram, é como falar ''nooossa, cortar o braço dói muito, não é? Deve ter dóido'' enquanto quem realmente sentiu a dor está sofrendo. Nunca iremos saber o tamanho da dor até sentirmos na pele, aí está o egóismo humano, só quando sente se levanta da cadeira para fazer algo, ''pimenta nos olhos dos outros é coca cola'' rs
É assim mesmo, por isso sou a favor do ''viva na sua pele'' quem sabe as pessoas não eprendem como dói ferir as pessoas, mas acho meio dificil com as pessoas do tráfico já que não tem coração, só visam dinheiro!
E quanto ao futebol, eu ia até postar sobre isso em meu blog, tem gente que passa fome para ir em um jogo estupido, chora pq o time perde e blá blá, e enquanto tem gente em fila de show da MADONA por dias, semanas e reclamam na fila de HOSPITAL, dá até peninha falar :/

:D Adorei o post!

Anônimo disse...

Interresante esse Blog,VOCÊ possui Palavras Maravilhosas...

Continui assim, sempre que eu puder passareii
por aqui;)

Abraços.

Claudia>>> disse...

Thiago valeu!!
muito bom isso que escreveu ,continue assim!!
colocando seu ponto de vista,te admiro por isso!